parceria imagem

Mundipharma lança novo tratamento para a Diabetes Mellitus tipo 2 em Portugal

  • Canagliflozina e metformina estará disponível a partir de 1 de setembro de 2019
  • Terapêutica oral controla o nível de glicose no sangue em adultos com Diabetes Mellitus tipo 2
  • Comparticipação pelo INFARMED

Lisboa, 30 de agosto de 2019 – Mantendo a aposta no combate à Diabetes em Portugal, a Mundipharma vai comercializar, a partir de 1 de setembro, um novo medicamento para tratar a Diabetes Mellitus tipo 2.  Canagliflozina e metformina é uma terapêutica oral para adultos com idade igual ou superior a 18 anos, comparticipada pelo INFARMED. 

Canagliflozina e metformina  é um coadjuvante da dieta e do exercício físico, no controlo dos níveis de glicose no sangue, em doentes que não têm a doença suficientemente controlada com metformina em monoterapia ou em combinação com outros medicamentos. O Canagliflozina e metformina também pode ser usado para substituir a canagliflozina e a metformina administradas separadamente.

A Diabetes tipo 2 é uma doença na qual o pâncreas não produz insulina suficiente para controlar o nível de glicose no sangue ou quando o corpo é incapaz de usar a insulina de forma eficaz, situação que provoca altos níveis de glicose no sangue. 

Estima-se que um milhão de portugueses entre os 20 e os 79 anos são portadores de Diabetes Mellitus tipo 2 e que metade destes está por diagnosticar. Sem tratamento, a patologia pode evoluir para complicações graves: doença cardíaca, doença renal, cegueira e amputações e morte. Em 2015, a Diabetes causou 12 mortes por dia em Portugal.1

O Canagliflozina e metformina contém duas substâncias ativas que funcionam de maneira diferente2:

  • a canagliflozina bloqueia uma proteína nos rins chamada de co-transportador de glicose sódica 2 (SGLT2). O SGLT2 absorve a glicose de volta à corrente sanguínea quando o sangue é filtrado nos rins.  Ao bloquear a ação do SGLT2, a canagliflozina faz com que mais glicose seja removida pela urina, reduzindo assim os níveis de glicose no sangue.  A canagliflozina, em comprimidos, foi autorizada na União Europeia (UE) sob a marca Invokana®, desde 15 de novembro de 2013.
  • a metformina inibe a produção de glicose hepática, no músculo aumenta a sensibilidade à insulina e reduz a sua absorção no intestino. Está disponível na UE desde os anos 50.

A combinação destas substâncias ativas permite reduzir a glicose no sangue, ajudando a controlar a Diabetes Mellitus tipo 2.

Em 2018, a Mundipharma entrou num acordo exclusivo com a Janssen Pharmaceutica NV (“Janssen”) para a distribuição, comercialização e venda de Canagliflozina e Canagliflozina e metformina  em países do Espaço Económico Europeu e Suíça, onde os produtos obtiveram aprovações de preço e reembolso.

Sob o acordo de distribuição, a responsabilidade pela venda, comercialização e promoção do Canagliflozina e metformina é realizada pela Mundipharma em 14 mercados europeus onde a Janssen já assegurou o reembolso. Como parte do acordo de distribuição exclusiva, a Janssen continua a ser a detentora da Autorização de Introdução no Mercado (AIM) e mantém a responsabilidade de fabrico do medicamento. 

Sobre a canagliflozina e a metformina

Os benefícios da canagliflozina usada em combinação com a metformina foram demonstrados em vários estudos avaliados nos processos de avaliação para autorização de introdução no mercado de Canagliflozina e metformina. Os estudos, envolvendo mais de 5.000 adultos portadores de Diabetes Mellitus tipo 2, estudaram a canagliflozina em doses diárias de 100 e 300 mg e analisaram principalmente como eles reduziram o nível de uma substância no sangue chamada hemoglobina glicosilada (HbA1c), que dá uma indicação de como a glicose no sangue é controlada.2

O Comité dos Medicamentos para Uso Humano (CHMP) decidiu que os benefícios do Canagliflozina e metformina são superiores aos seus riscos e recomendou a sua aprovação para utilização na UE. Os benefícios da metformina estão bem estabelecidos e a vantagem adicional de associação à canagliflozina para controlar a glicose plasmática, tem sido demonstrada nos estudos. 

Para além do controlo dos níveis de glicose no sangue, Canagliflozina e metformina  também conduz a uma redução de peso, situação benéfica para este grupo de doentes. O CHMP comprovou ainda que a combinação de canagliflozina e metformina num único comprimido constitui uma opção de tratamento adicional para pessoas portadoras de Diabetes Mellitus tipo 2 e pode melhorar a adesão ao tratamento.

Sobre a Mundipharma

A Mundipharma é uma multinacional farmacêutica americana com presença em todo o mundo, cuja modernidade e políticas de gestão lhe permitiram receber a distinção portuguesa de Melhor Empresa farmacêutica para Trabalhar em Portugal em 2019.

O propósito da Mundipharma é deixar um sistema de saúde melhor para as gerações futuras e, para isso, procura parcerias com as autoridades de saúde, na aplicação de soluções inovadoras.
Para mais informação: www.mundipharma.pt

Edite Espadinha
Telf.: 917 709 717
E-mail: edite.espadinha@fdc.com.pt

Referências:
1 Relatório Anual do Observatório Nacional da Diabetes – “Diabetes: Factos e Números”, edição 2016. Disponível em: https://www.sns.gov.pt/wp-content/uploads/2017/03/OND-2017_Anexo2.pdf